Informação

Este blog tem a modesta pretensão de divulgar somente orações CATÓLICAS, conforme a Santa Tradição da Igreja. Pedimos a caridade de nos informar eventual erro de digitação e/ou tradução, ou link quebrado (vejam o formulário no menu lateral). Gratos.

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

.


"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Oração matutina à Virgem Maria


Todos os dias, diante da imagem da Mãe de Deus, devemos rezar também:

É justo, em verdade, glorificar-vos, ó Mãe de Deus. Mais venerável que os Querubins e mais gloriosa que os Serafins, que ilibadamente deste a luz o Verbo de Deus, logo sois verdadeiramente Mãe de Deus, e nós Vos glorificamos.

S. João Crisóstomo.

+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

ORAÇÃO DO PAPA PIO XII PELAS VOCAÇÕES RELIGIOSAS

do Santo Padre o Papa Pio XII 
  

 

ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES RELIGIOSAS


 

Senhor Nosso Jesus Cristo, modelo sublime de toda perfeição, que não só induzi as almas privilegiadas a tender para tão elevada meta, mas as movei também com a força poderosa do Vosso exemplo e com o impulso eficaz de Vossa graça, para que Vos sigam em tão excelso caminho; concedei que muitas saibam e queiram corresponder às Vossas meigas inspirações, abraçando o estado religioso para, neste, fruir dos Vossos cuidados especiais e Vossas ternas predileções.

Fazei que, assim, nunca falte quem, mensageiro de Vossa caridade, Vos represente, dia e noite, junto ao berço do órfão, à cabeceira do sofredor, ao lado do velho e do enfermo, que, talvez, de outra forma, não teriam sobre a Terra alguém que lhes oferecesse uma mão piedosa; fazei que, nas humildes escolas, assim como das altas cátedras, ressoe sempre uma voz, eco da Vossa, que ensine a via para o Céu e os deveres próprios de cada um; fazei que nenhuma terra, por mais inóspita e remota, seja privada do chamado evangélico, que convida todos os povos a entrar em Vosso reino; fazei que se multipliquem e cresçam aquelas chamas com as quais deve dilatar-se o incêndio do mundo, e em que brilha, em todo seu esplendor, a santidade sem manchas da Vossa Igreja; fazei que em toda região floresçam jardins de almas eleitas que, na contemplação e na penitência, reparem as culpas dos homens e implorem a Vossa misericórdia. Fazei que, na contínua imolação desses corações, na pureza nívea desses espíritos, na excelência de suas virtudes, viva sempre sobre a Terra aquele exemplo consumado dos filhos de Deus que Vós viestes nos revelar.

Mandai a estas falanges dos vossos prediletos numerosas e boas vocações, almas resolutas no firme propósito de se tornarem dignas de graça tão distinta e do santo Instituto a que aspiram, com a exata observância dos deveres religiosos, com a oração assídua, a mortificação constante, a perfeita adesão da vontade deles a tudo o que seja a vontade Vossa!

Iluminai, ó Senhor Jesus, muitas almas generosas com os ardentes fulgores do Espírito Santo, amor substancial e eterno, e, pela poderosa intercessão de Vossa amorosíssima Mãe Maria, suscitai e mantende ardente nelas o fogo de Vossa caridade, a glória do Pai e do próprio Espírito, que conVosco vivem e reinam por todos os séculos dos séculos. Assim seja!  




* * * 

Abaixo, a concessão benigna, por parte do Santo Padre, de indulgência de 10 anos, a cada vez, e Plenária, durante o mês todo, conforme as condições usuais
 

Die 9 Martii 1957

Ssmus  D. N. Pius Div. Prov. Pp. XII christifidelibus, supra relatam orationem devote recitantibus, benigne tribuere dignatus est Indulgentiam decem annorum singulis vicibus, necnon Indulgentiam plenariam, suetis conditionibus lucrandam, dummodo quotidiana orationis recitatio in integrum mensem producta fuerit. Contrariis quibuslibet minime obstantibus. 
N. Card. CANALI, Paenitentiarius Maior

S. Luzio, Regens

L. + S.


De “Discursos e Rádio-mensagens do Papa Pio XII”, XIX, 19º ano de Pontificado, 02 de março de 1957 - 01 de março de 1958, pp. 889-890 - Tipografia Poliglotta Vaticana
 


Fonte: http://www.vatican.va/holy_father/pius_xii/prayers/documents/hf_p-xii_19570309_prayer-vocazioni-religiose_it.html.

Visto em: http://www.papapioxii.it/ascolta-la-voce/preghiere/.
Tradução: Giulia d'Amore. 



+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

domingo, 16 de novembro de 2014

CORONA LLAMADA DE LOS “CIEN REQUIEM” EN SUFRAGIO DE LAS ALMAS DEL PURGATORIO

Esta saludable práctica consiste en diez Padrenuestros y cien Réquiem. Para esto, cada cual puede servirse del Rosario común o de cinco decenas, recorriéndole dos veces, con lo que se forma el centenar.

Después de la señal de la Cruz(1), se empieza con esta deprecación:

(2)“Animas santas, almas que estáis purgando, rogad a Dios por mí, que yo suplicaré por vosotras a fin de que, cuanto antes, se os conceda la gloria del Paraíso celestial”.

En seguida, se dice un Padrenuestro(3), Avemaría(4), Gloria Patri(5) y luego diez veces:

(6)“Requiem aeternam dona eis, Domine, et lux perpetua luceat eis”.

Finada la primera decena, se repite Padrenuestro y se dice la segunda, y así sucesivamente hasta que se completan los diez Padrenuestros y cien Réquiem, añadiendo al último el salmo De Profundis clamavi, con otro Réquiem al final.  



* * *


Seguidamente será muy útil añadir en sufragio de las propias almas las siguientes oraciones o jaculatorias, en memoria de los siete principales derramamientos de la sangre preciosa de Nuestro Señor Jesucristo:

1º. ¡Oh dulcísimo Jesús!
Por el sudor de sangre que padecisteis en el huerto de Getsemaní, tened piedad de las almas benditas del Purgatorio, y especialmente del alma de N.N., y de la que se halle más olvidada. Réquiem, etc.

2º. ¡Oh dulcísimo Jesús!
Por los dolores que sufristeis en vuestra cruelísima flagelación, tened piedad de las almas benditas del Purgatorio, y especialmente del alma de N.N., y de la que se encuentre más olvidada. Réquiem, etc.

3º. ¡Oh dulcísimo Jesús!
Por los dolores que padecisteis en vuestra agudísima coronación de espinas, tened piedad de las almas benditas del Purgatorio, y especialmente del alma de N.N., y de la que esté más abandonada. Réquiem, etc.

4º. ¡Oh dulcísimo Jesús!
Por los dolores que experimentasteis al llevar la Cruz a cuestas, tened piedad de las almas benditas del Purgatorio, y especialmente del alma de N.N.,  y de la que sea tenida en mayor olvido. Réquiem, etc.

5º. ¡Oh dulcísimo Jesús!
Por los dolores que aguantasteis en vuestra crucifixión tan cruel, tened piedad de las almas benditas del Purgatorio, y especialmente del alma de N.N., y de la que se halle más olvidada. Réquiem, etc.

6º. ¡Oh dulcísimo Jesús!
Por los dolores que hubisteis de padecer en la agonía que pasasteis sobre la Cruz, tened piedad de las almas benditas del Purgatorio, y especialmente del alma de N.N., y de la que se encuentre menos socorrida. Réquiem, etc.

7º. ¡Oh dulcísimo Jesús!
Por aquel dolor inmenso que sufrió vuestra alma santísima cuando expiró sobre la Cruz, tened piedad de las almas benditas del Purgatorio, y especialmente del alma de N.N., y de la que obtenga menos sufragios. Réquiem, etc.

Por último, podrá terminarse tan propio como provechoso ejercicio recitando la siguiente oración en sufragio de las Almas de los Cofrades de nuestra Señora del Carmen:

Os ofrezco ¡Oh piadosísimo Jesús! En beneficio de las almas de los hermanos y de las hermanas de la Cofradía de la bienaventurada Virgen del Carmen, todos y cada uno de los sufrimientos de vuestra dolorosísima Pasión, vuestra muerte oprobiosa en cruz y la preciosa Sangre que derramasteis para nuestra Redención. Y Vos ¡Oh Santísima Virgen! Que con tantos favores las distinguisteis en la tierra y las aceptasteis en vuestra hermandad, sedles ahora propicia, acordándoos de la promesa que tenéis hecha a cuantas hubiesen llevado devotamente el Sagrado escapulario, que Vos misma les bajasteis del Cielo.

Libradlas de aquella cárcel de tormentos y conducidlas a la Gloria, en donde puedan cantar eternamente las divinas misericordias. Amén.

Un Padrenuestro, Ave maría y Gloria, Réquiem, De profundis.

V. De la puerta del infierno.
R. Líbralas, oh Señor!
V. Descansen en paz.
R. Así sea.
V. Señor, oye mi oración.
R. Y mi clamor llegue a Tí.

Oración.

¡Oh Dios, que concedéis el perdón de los pecados y queréis la salvación de los hombres! Imploramos Vuestra clemencia, para que, por la intercesión de la bienaventurada siempre Virgen María, y por la de todos los Santos, hagáis que lleguen a participar de la eterna bienaventuranza todos nuestros hermanos, parientes y bienhechores difuntos que han pasado de esta vida a la otra. Por nuestro Señor Jesucristo, Vuestro Hijo. Amén.

V. Señor, dales eterno descanso.
R. Y luzca para ellas la luz perpetua.
V. Descansen en paz.  
R. Así sea.

  




+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

CALENDÁRIO 2015

CALENDÁRIO 2015

O Calendário 2015 homenageou o Barroco Latino-Americano ou Colonial. Este ano, serão indicadas as cores litúrgicas e as festas de 1ª Classe, os dias de Preceito, enfim, está mais completo do que o do ano passado, que foi nosso primeiro calendário e, a contragosto nosso, conteve alguns erros, como o período da Quaresma, que este ano está melhor identificado. 
 
* * * 
Para maiores informações, clique aqui

    
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

A oração de São Boaventura

A oração de São Boaventura



"Ainda que o Senhor me tenha reprovado quanto quiser, eu sei que Ele não pode negar-se a quem O ama, e a quem de todo coração o busca. 

Eu O abraçarei com o meu amor e sem me abençoar não O deixarei; sem me levar consigo, Ele não poderá ausentar-se. 

Se mais não puder, ao menos esconder-me-ei dentro das Suas Chagas, onde ficarei para que me não possa encontrar fora de si. 

Finalmente, se o meu Redentor por causa de minhas culpas, me lançar fora dos seus Pés , eu me prostrarei aos Pés de Maria, Sua Mãe, e deles não me afastarei, enquanto Ela não me alcançar o perdão. 

Por ser Mãe de Misericórdia, nem recusa, nem jamais recusou compadecer-se de nossas misérias, e de socorrer os infelizes que lhe imploram o auxilio. E assim, senão por obrigação, ao menos por compaixão, não deixará de induzir O Filho a perdoar-me." 

Oração de São Boaventura (livro "Glórias de Maria", de Santo Afonso Maria de Ligório)

Fonte: Vas Honorabile em 11/03/2014

+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

.